Caso Barney e Betty Hill - Os Pesquisadores

O Caso Barney e Betty Hill é um divisor de águas para a Ufologia Mundial, pois representou uma mudança radical na característica dos contatos entre humanos e os tripulantes dos misteriosos OVNIs.

Página 1 - Os Protagonistas


Página 2 - Os Pesquisadores


Página 3 - A Abdução


Jackson Luiz Camargo - ufojack@yahoo.com 

Sumário:

    • Introdução
    • Walter Webb
    • Benjamin Simon
    • Marjorie Fish
    • Kathleen Marden
    • Stanton Friedman
    • John Fuller
    • Referências
    • Comentários


 

 


Em Ufologia, honestidade é tudo. Ao copiar material deste site cite a fonte, assim como fazemos em nosso site. Obrigado!

 

Introdução

Walter Webb


Walter  Webb

Webb era professor-chefe no Hayden Charles Planetarium, em Boston, Massachusetts. Ele graduou-se no Mount Union College, em 1956, como bacharel em Ciências Biológicas antes de prosseguir na carreira astronômica.

No início de sua carreira, ele trabalhou para o Dr. J. Allen Hynek, no Projeto Blue Book, no Observatório Astrofísico Smithsonian em Cambridge, Massachusetts, onde trabalhou no Programa de Rastreio de Satélites como assistente geral. Depois do lançamento do Sputnik II, Webb atuou operador de câmera no topo do Monte Haleakala, em Maui, Hawaii. Embora Webb tenha investigado OVNIs desde 1952, foi através sua associação com Hynek que ele desenvolveu uma intensa curiosidade sobre a análise científica dos dados a que Hynek teve acesso.

Isto levou Webb a filiar-se à NICAP e a desenvolver uma estreita amizade com o Diretor Adjunto Interino Richard Hall. Mais tarde, Webb atuou como diretor assistente do Planetário Hayden Charles, em Boston e como consultor de astronomia para NICAP, APRO, e mais tarde, para a Mutual UFO Network. Em 1994, o Center for UFO Studies o nomeou como seu associado de pesquisa sênior. Ele trabalhou por 32 anos no Hayden Charles Planetarium.

 

Benjamin Simon


Benjamin Simon

Benjamin Simon era um imigrante russo que veio para os Estados Unidos com seus pais quando ainda era um garoto. Ele completou seu bacharelado na Universidade de Standford, em 1925, recebendo um mestrado em Química na mesma instituição, em 1927. Quatro anos depois, ele recebeu um doutorado em medicina pela Escola de Medicina da Universidade de Washington. Ele desenvolveu um interesse em hipnose em 1922, quando, ainda na graduação, foi hipnotizado em uma experiência do departamento de psicologia da Universidade John Hopkins. Em 1934, durante sua residência de psiquiatria, usou a hipnose pela primeira vez como procedimento terapêutico. Em 1942 ele era consulto de neuropsiquiatria do Dispensário Geral, em Nova York, onde recebeu treinamento no uso médico da hipnose. Ainda durante a Segunda Guerra Mundial, ele serviu como tenente-coronel no Exército Americano e foi condecorado com a Comenda Medalha do Exército, a American Campaign Medal, e mais tarde com a Medalha da Vitória. Dr. Benjamin Simon fundou o Centro Psiquiátrido no Hospital Geral mason, em Long island, Nova York, o centro médico psiquiátrico, do Exército Americano, durante a Segunda Guerra Mundial. No seu auge, o hospital tinha 3 mil leitos psiquiátricos, onde eram atendidos soldados em situação de estresse de combate e pós traumático. Ali, através da hipnose, o Dr. Simon ameninzava os sintomas característicos do estresse pós traumático.

O sucesso neste trabalho foi tão grande que deu origem à um documentário intitulado "Let There Be Light por John Huston". Dr. Simon foi o conselheiro técnico durante as gravações e demonstrou o uso efetivo da hipnose no tratamento da neurose histérica, incluindo paralisisa, cegueira e amnésia. Ele também demonstrou como se processa a recuperação de memória associada à eventos traumáticos e envolvidos em períodos de amnésia. Após recuperar as lembranças envolvendo a origem de algum trauma ele removia quadros de histeria. Neste processo alguns resultados foram notáveis. Um soldado declaradamente cego, após ser hipnotizado, relatou o impacto de ver seu melhor amigo ser morto em combate. Após a sessão, sua visão estava normal. Em outro caso, um soldado aleijado psicogeneticamente em campo de batalha, voltou a caminhar.

Após deixar o exército, o Dr. Simon abriu um consultório particular em neuropsiquiatria, além de lecionar nas Universidades de Harvard e Yale, além de desenvolver atividades em Hospitais Psiquiátricos em vários estados americanos.

 

Marjorie Fish


Marjorie Fish

Marjorie Fish nasceu em 19 de setembro de 1932, em Cleveland, Ohio. Ela graduou-se em Sociologia pelo Juniata College, em Huntingdon, Pennsylvania, em 1954, formando-se com louvor. De junho de 1962 a agosto de 1964 ela especializou-se em ensino infantil, na Elementary Education, em Bowling Green State University, em Bowling Gren, Ohio. Lecionou durante onze anos em escolas elementares do estado de Ohio. Seus hobbies eram variados: leitura, fotografia, artes, carpetaria, jardinagem, artesanato, musica, antropologia, civilizações antigas, botânica, mitologia, piscologia, zoologia e principalmente astronomia.

Ao tomar conhecimento do caso Hill desenvolveu um estudo sobre o mapa visto por Betty a bordo do aparelho e conseguindo identificar as estrelas envolvidas. O modelo tridimensional por ela desenvolvido para este estudo é ainda hoje utilizado pelo Departamento de Astronomia da Universidade Estadual de Ohio.

 

Kathleen Marden


Katheen Marden

Kathleen Marden é sobrinha de Betty Hill e testemunha direta de sua vida. Atualmente é quem mantém papéis e correspondências de Betty. Ela tinha 7 anos de idade por ocasião da abdução e esteve na casa dos Hill alguns dias depois do episódio. Foi testemunha dos testes com bússola nos pontos lustrosos encontrados no veículo. Também pôde verificar os estados em que ficaram os relógios de pulso, o vestido de Betty e os sapados de Barney. Também foi testemunha de alguns fatos estranhos ocorridos na casa de Betty nos anos que se seguiram à abdução. Em várias ocasiões ela registrou os depoimentos de Betty, comparando-o com relatos e depoimentos anteriores, sendo ela, atualmente, quem mais se aprofundou no estudo do caso. Ela foi Diretora de Pesquisas da Mutual UFO Network (MUFON).

 

Stanton Friedman


Stanto Friedman, P.hD.

Stanton Friedman nasceu em 29 de julho de 1934. Formou-se em Física, pela Universidade de Chicago, em 1955, fazendo seu mestrado em 1956, em Física Nuclear. Durante 14 anos, trabalhou como físico nuclear em projetos científicos de várias companhias, como General Electric, General Motors, Westinghouse, TRW Systems, Aerojet General Nucleonics e McDonnel Douglas. Desde 1970, ele concentra seus esforços na pesquisa ufológica, tendo feito palestras em centenas de países, além de ser presença constante em programas de televisão e rádio na América do Norte. É autor de importantes livros sobre Ufologia.

 

John Fuller


John Fuller

Nascido em 1913, o americano John Fuller é autor de vários livros sobre Ufologia e fenômenos paranormais. Ele manteve durante algum tempo uma coluna regular no saturday Review Magazine, chamada Trade Winds. Entre os seus livros mais famosos estão: A Viagem Interrompida, sobre o Caso Hill; Incidente em Exeter e The Ghost of Flight 401, sobre um acidente de avião associado à fenômenos paranormais. Fuller morreu em 1990, vitima de cancer.

Conheça este caso mais detalhadamente acessando nosso menu abaixo:


 
Os Protagonistas
Quem são Barney e Betty Hill? Conheça um pouco de sua história.

Os Pesquisadores
Ao longo dos anos vários foram os pesquisadores que investigaram o caso. Conheça os principais.

A Abdução
Saiba como foi a experiência lembrada a nível consciente por Barney e Betty Hill.

Os Pesadelos de Betty Hill
Após o episódio de abdução Betty começou a ter vários sonhos vívidos e reveladores sobre sua experiência.

A Investigação
Diante de tantos mistérios envolvendo suas experiências, Barney e betty Hill iniciam suas próprias investigações.

As Hipnoses Regressivas
Barney e Betty finalmente se submetem à hipnose regressiva para vencer o bloqueio mental e seus efeitos.

Entrevista com Betty Hill
Betty Hill em entrevista para uma revista americana.

As Evidências
Conheça as evidências que confirmam a veracidade do caso Hill.

Os Abdutores
Quem são os tripulantes da nave que abduziu o casal? Conheça suas características.

O Mapa Estelar
Saiba como foi a investigação envolvendo o mapa estelar visto e desenhado por Betty Hill.

O Vestido Azul
O vestido que Betty usava quando foi abduzida é analisado e o resultado é supreendente.

As Controvérsias
O Caso Hill gerou controvérsia e debates acalorados entre céticos e ufólogos.

Galeria do Caso
Fotografias, imagens e desenhos referentes ao caso.



Comentários (3)

Você está revendo: Caso Barney e Betty Hill
Sort
5/5 (3)
FacebookGoogle+Twitter
Gravatar
Full StarFull StarFull StarFull StarFull Star
Cláudio (Atibaia) diz...
Este é um dos maiores casos da Ufologia mundial. As estranhas luzes vermelhas nas "pontas" do objeto, foram relatados por um avistamento testemunhado pelo meu cunhado recentemente. Ele disse claramente que o objeto que ele avistou tinhas duas luzes vermelhas nas pontas. Muito intrigante.
13 July 2016 18.16
Gravatar
Full StarFull StarFull StarFull StarFull Star
ana clara (balsas maranhao) diz...
ADOREI , SEMPRE VOU FAZER MINHAS PESQUISAS NESSE SITE , DEMAIS
8 July 2016 21.07
Gravatar
Full StarFull StarFull StarFull StarFull Star
Julio Cesar (São Paulo) diz...
Eu adoro o caso Varginha e o caso Barney e Betty Hill.o caso Hill é o caso Ufológico que eu mais gosto e vi o documentário sobre esse caso duas vezes e é o caso que eu conhece mais,posso até contar esse caso para alguém,pois sei de cór.parabéns,quem adora Ufologia não pode esquecer desse caso e voce é um desses que não esqueceu.te considero muito jackson.e fala pro seu aluno da aula de informática que agradeço muito a ele por passar o msn e o seu orkut(o Lucas). :D
6 July 2016 14.57
Página 1 de 1

Adicionar Comentário

* Informação requerida
(não será publicado)
 
Bold Italic Underline Strike Superscript Subscript Code PHP Quote Line Bullet Numeric Link Email Image Video
 
Smile Sad Huh Laugh Mad Tongue Crying Grin Wink Scared Cool Sleep Blush Unsure Shocked
 
3000
 
Notifique-me de novos comentários via email.
 



Referências:

- Livros
  • FRIEDMAN, Stanton e MARDEN, Katheleen. CAPTURED: The Betty and Barney Hill UFO Experience. New Jersei: New Page Books, 2007.
  • DURRANT, Henry. Primeiras investigações sobre os humanóides extraterrestres. Tradução de Luzia D. Mendonça. São Paulo: Ed. Hemus,1980.
  • MISTÉRIOS DO DESCONHECIDO. Contactos Alienígenas. Rio de janeiro: Time-Life Livros,1993.
  • MISTÉRIOS DO DESCONHECIDO. O Fenômeno OVNI. Rio de janeiro: Time-Life Livros,1993.
  • NOBILE, Peter. UFO, Triângulo das Bermudas e Atlântida - O que há de verdade. Tradução de Gilson Cesar Cardoso de Souza. Melhoramentos: 1979.
  • HYNEK, J. A. Ufologia, Uma Pesquisa Científica. Uma apreciação crítica do problema dos UFOs/OVNIs pela mais alta autoridade no assunto.Tradução de Wilma Freitas Ronald de Carvalho. Rio de Janeiro: Editora Nórdica, 1972.

 


- Boletins
  • B23 Boletim da Sociedade Brasileira de Estudos de Discos Voadores - Edição 26-27
  • B46 Boletim da Sociedade Brasileira de Estudos de Discos Voadores - Edição 90-93
  • B63 - Boletim da Sociedade Brasileira de Estudos de Discos Voadores - Edição 1975
  • B64 - PEREIRA, Jader. Tipologia dos humanóides extraterrestres. Coleção Biblioteca UFO, nº 1, Março 1991.

 


- Artigos de Revistas
  • SBEDV. Contatos com extraterrestres no Brasil. Revista UFO, Campo Grande, nº 6, p.20-2, nov/dez 1988.
  • LAUDA, Jaime. O Caso Villas-Boas revisado. Ufologia Nacional e Internacional, Campo Grande, nº 3, p. 13-15, julho/agosto 1985.
     

 


- Documentos Oficiais

- Vídeos e Documentários

 


- Sites e Blogs

- Outros
  •