Comprovações Eletromagnéticas [Detecção por Instrumentos]

Inúmeros casos possuem comprovações visuais [fotos e vídeos] confirmando o evento.
Você está aqui:
Página Inicial >> Evidências e Comprovações >> Comprovações Comprovações Eletromagnéticas [Detecção por Instrumentos]


Por Jackson Luiz Camargo - ufojack@yahoo.com

Sumário:

 

 

Em Ufologia, honestidade é tudo. Ao copiar material deste site cite a fonte, assim como fazemos em nosso site. Obrigado!

 

Menu da Seção

Em registros por instrumentos podemos citar as provas documentais obtidas por radares e outros sensores de captação. Geralmente este tipo de prova é obtido no âmbito militar ou de controle de tráfego. Um registro deste tipo torna-se ainda mais válido quando acompanhado da captação a partir de vários instrumentos o que elimina a hipótese de problemas no equipamento ou sensor.

A tabela a seguir apresenta uma compilação de casos já conhecidos de captação de OVNIs por radares. Estes casos estão todos relacionados na cronologia de casos ufológicos onde constam as fontes para a elaboração desta tabela.

Ocorrência Data Descrição
1 A Batalha de Los Angeles - Los Angeles, Califórnia, Estados Unidos - fevereiro de 1942 OVNI é captado por radar e alvejado por artilharia antiaérea durante a Segunda Guerra Mundial
2 Caso Thomas Mantell - Estado do Kentucky, Estados Unidos 08 de agosto de 1948 Gigantesco OVNI é captado por radares e caças são enviados para interceptação. Um dos caças é abatido e o piloto morre.
3 Caso Gormam out/1948 Em Breve
4 Goose Bay - Labrador - Canadá verão de 1948 (hemisfério norte) Um OVNI é captado por radar a partir de estações distintas. O objeto se deslocava a 9000 milhas por hora (14.484 Km/h)
5 Fukuoka, Japão 15 de outubro de 1948 Um OVNI é observado na região de Fukuoka, no Japão. O objeto foi captado por radar.
6 Ilhas Nantucket, Oceano Pacífico março de 1951 Tripulantes e passageiros de um navio de guerra americano a caminho da Coréia detecta um OVNI que paira nas proximidades do Destroyer. Pouco tempo depois ele acelera bruscamente em direção ao céu, sendo captado por radar até um altitude de 165 Km.
7 Knoxville, Tennessee, EUA 16 de janeiro de 1951 - 21:45 hs Um objeto esférico luminoso é observado nas proximidades de instalações elétricas da região. Durante a observação houve interferência no radar na base aérea local. Um caça foi enviado para interceptação, mas nada foi avistado.
8 Oak Ridge, Tennessee, EUA 21 de janeiro de 1951 - 18:20 hs Um OVNI é captado por radar e perseguido por um caça F-82 da Força Aérea Americana
9 Mar do Japão 26 de janeiro de 1951 Um OVNI é captado por radar deslocando-se a 5632 Km/h, sobre o Mar do Japão.
10 Oceano Atlântico, próximo à costa em Newfoundland, Canadá 10 de fevereiro de 1951 Durante a noite, tripulantes e passageiros de um avião da Marinha Canadense avistam um OVNI que também é captado por radar de bordo
11 Mar do Japão 15 de fevereiro de 1951 No começo da tarde, um OVNI é captado por radar sobre o Mar do Japão na costa da Coréia do Sul. O objeto desenvolvia uma velocidade de 14000 mph (22530 Km/h)
12 Sakhalin, Japão 21 e 22 de fevereiro de 1951 Dois objetos são captados por radar durante a noite de 21 para 22 de fevereiro
13 Ilhas Nantucket, Coréia março de 1951 Tripulantes e passageiros de um navio de guerra americano a caminho da Coréia detecta um OVNI que paira nas proximidades do Destroyer. Pouco tempo depois ele acelera bruscamente em direção ao céu, sendo captado por radar até um altitude de 165 Km.
14 20 milhas a sudeste da Ilha Tushima, Japão 9 de março de 1951- 14:25 hs Um OVNI é captado por radar a 20 milhas a sudeste da Ilha Tushima, Japão. O objeto deslocava-se a 5390 Km/h
15 Mar Amarelo 14 de abril de 1951 - 13:22 hs Um OVNI é captado por radar sobre o Mar Amarelo. O objeto deslocava-se a 3755 mph (6 mil km/h).
16 Seul, Coréia do Sul 1º de julho de 1951 Pilotos de combate dos Estados Unidos, em ação na Coréia, avistaram várias esferas esverdeadas que foram também captadas por radar em solo. O caso ocorreu em Seul, na Coréia do Sul.
17 Base Aérea de Holloman, Novo México, (EUA) 14 de julho de 1951 Um OVNI é avistado, registrado e fotografado nas proximidades da Base Aérea de Holloman, no Novo México
18 March Field, Califórnia 23 de julho de 1951 Um objeto esférico é avistado e captado por radar acima de uma aeronave convencional
19 Base Aérea de Selfridge, Michigan, Estaodos Unidos 30 de julho de 1951 Um OVNI é captado por radar em Michigan. O objeto desenvolvida velocidades que variavam de 3 mil a 28 mil milhas por hora (entre 4828 km/h e 45.000 Km/h)
20 Caso Lubbock - Lubbock, Texas, Estados Unidos 25 de agosto de 1951

Centenas de pessoas observam OVNIs sobre a região da cidade de Lubbok, no Texas, EUA. Os objetos foram avistados, fotografados e captados por radar.

21 Base Aérea de Larson, Washington 26 de agosto de 1951

Um OVNi é captado por radar nas proximidades da Base Aérea de Washington, Texas. O objeto deslocava-se a 950 Mph e foi captado durante 8 minutos. Um caça F-86 foi destacado para interceptar o objeto, mas o sinal desapareceu do radar antes da aproximação do avião.

22 A 50 milhas da costa da Coréia do Norte 9 de setembro de 1951 - 6:50 hs Vários alvos desconhecidos foram captados por radares a 50 milhas da costa da Coréia do Norte. Os alvos deslocavam-se a 900 milhas por hora.
23 Fort Monmouth, Nova Jersei, Estados Unidos 11 de setembro  de 1951- 10:50 hs Dois radares captam a presença de um OVNI a nordeste de Fort Monmouth, numa altitude de 9 mil metros. O objeto realizava manobras erráticas, com várias alterações de velocidade, direção e altitude. O objeto seguiu, posteriormente para Navesink, pairando estático sobre a região.
24 Goose Bay, Labrador, Canadá 13 de setembro de 1951 Caso de captação de sinal anômalo investigado pelo projeto Blue Book da Força Aérea Americana e que permaneceu inexplicado
25 Goose Bay, Labrador, Canadá 18 de setembro de 1951 Tripulantes de um B-36 avistaram e captaram por radar um OVNI durante 20 minutos. O caso foi investigado pelo projeto Blue Book da Força Aérea Americana e permaneceu inexplicado.
26 Três estações da USAF, em Empire, Michigan, Elkhorn, Wisconsin, Finland, Minnessota, EUA 18 de setembro  de 1951 - 4:35 - 5:31 Radares de três bases diferentes detectaram um alvo intermitente, deslocando-se a 6 mil milhas por hora (9600 Km/h)
27 Aeroporto de Long Beach e Base Aérea de March, Califórnia, EUA 23 de setembro de 1951 - 9:25 hs UM OVNI é avistado e captado por radar nas proximidades do Aeroporto de Long Beach, na Califórnia. Sete caças F-86 são enviados para identificar e interceptar o alvo. Ao chegar ao local os aviões circularam em volta do objeto
28 Base Aérea de Kadena, Okinawa, Japão 3 de outubro de 1951  - 22:27 hs UM OVNI em formato cilíndrico é captado por radares da Base Aérea de Kadena, Okinawa, Japão. O radar indicou que o objeto era de grande tamanho e deslocava-se a 4800 milhas por hora (7725 Km/h).
29 Honshu, Japão 7 de outubro de 1951 - 19:37 hs Um alvo não identificado é captado por radares em Honshu, Japão. O objeto deslocava-se a 420 Milhas por hora
30 Tsingtao, China 18 de outubro de 1951 - 3:00 hs Um objeto alongado é avistado e captado por radar de embarcação.
31 Truto, Massachussets, EUA 21 de outubro de 1951 - 23:18 hs a 23:22 hs Um OVNI é captado por radar a uma velocidade de 1800 Knots (3333 Km/h), em altitude desconhecida.
32 Truto, Massachussets, EUA 22 de outubro de 1951 - 7:30 hs Um OVNI é captado por radar a uma velocidade de 2400 Knots (4444 Km/h).
33 Washington, DC, Estados Unidos 18 de novembro de 1951 - 3:20 hs A tripulação de um avião comercial da Capital Airlines observou um objeto com várias luzes ao redor da fuselagem. Em terra, um controlador de tráfego aéreo confirmou o objeto pelo radar. O objeto acompanhou o avião por 20 minutos.
34 Costa Oeste dos Estados Unidos 20 de dezembro  de 1951 Um OVNI é captado por radares da USAF. São enviados três caças sabre para interceptar o alvo.
35 Dayton, Ohio, EUA ano de 1952 Um disco voador é avistado e captado por radar nas proximidades de Dayton . O objeto foi inutilmente perseguido por caças da USAF
36 Nenana - Nennana, Alaska, EUA 22 de janeiro de 1952 - 12:20 hs Um OVNI é captados por radares de solo e de 3 caças F-94, da USAF. Os caças tentaram inutilmente interceptar o objeto
37 Leste de Pusan, Coréia do Sul 2 de fevereiro de 1952  - 10:30 hs Um radar militar captou um OVNI deslocando-se a 767 Mph (1234 Km/h). Um segundo alvo foi captado pouco depois. Este deslocava-se a 1257 Mph (2022 Km/h).
38 Mar a Leste da Coréia do Sul 2 de fevereiro de 1952  - 19:35 hs O navio de guerra, USS Philippine Sea, captou um alvo aproximando-se de sua posição. Repentinamente, o objeto reverteu seu curso e afastou-se pelo mesmo caminho a 600 Mph (965 Km/h). Repentinamente acelerou para 1800 mph (2896 Km/h), dividindo-se em duas partes que deslocaram-se em movimentos de zig-zag, desaparecendo a 110 milhas de distância (177 Km)
39 Granite City, Illinois, EUA 13 de fevereiro de 1952  - 22:30 hs Um OVNI é captado por radares durante um teste militar
40 60 milhas a leste de Pusan, Coréia do Sul 16 de fevereiro de 1952  - 14:40 e 15:50 hs Vários OVNIs são captados por radares. O primeiro deles registrou um alvo deslocando-se a 5000 mph (8046 Km/h). O ultimo alvo captado tinha um tamanho estimado o equivalente a 8 jatos e deslocava-se a 1600 mph (2574 km/h).
41 20 milhas a sul de Yakima, Washington 23 de março de 1952  - 18:56 hs Um objeto esférico avermelhado é observado por pilotos de um caça F-94 e captado por radares de terra.
42 Oeste de Point Conception, Califórnia 24 de março de 1952  - 8:45 hs Um OVNI é captado por radar de um avião B-29. O objeto deslocava-se a 3 mil milhas por hora.
43 Ducanville, Texas, EUA 4 de abril de 1952  - 20:30 hs Um OVNI é captado por radar sobre a região de Ducanville, Texas. O aparelho deslocava-se a 2500 milhas por hora (4023 Km/h).
44 Oceano Atlântico e  Alasca, EUA 7 de abril de 1952  - 19:00 hs O sistema de defesa americano entra em alerta devido à sinais anômalos no radar.
45 50 milhas a noroeste de Kyushu, Japão 18 de abril de 1952  - 22:00 hs Um OVNI é captado por radar a 50 milhas (80 Km ~) de Kyushu, Japão. O objeto deslocava-se a 2700 mph (4345, 22 Km/h), sendo posteriormente confirmado por um piloto de um AT-6, Tenente D. C. Brigham, que reportou a presença de um aparelho discóide manobrando nas proximidades do caça.
46 Toronto, Lindsay, Canadá 20 de abril de 1952  - 23:00 hs Por volta das 23 horas, Controle de Tráfego Aéreo de Toronto recebe chamadas informando da presença de OVNI a oeste de Toronto. Poucos minutos depois 3 pilotos da Real Força Aérea Canadense avistam 4 objetos, que deslocavam-se de Leste a oeste. Nos minutos seguintes vários centros de controle de tráfego aéreo captaram sinais de estranhos objetos. Cerca de 15 caças foram despachados para identificar os objetos. Um deles captou 11 objetos pelo radar de bordo. Pilotos da Trans-Canada Airlines também avistaram os objetos. O caso permaneceu um mistério pois não foi possível identificar os objetos.
47 Moriarty, Novo México, EUA 30 de abril de 1952  - 7:40 hs O radar CPS-5, detecta um alvo deslocando-se a 6400 Km/h a Sudoeste de Moriarty, Novo México. Seis minutos depois outro sinal foi captado, deslocando-se na mesma velocidade à Oeste.
48 Williw Grove, Pensilvânia começo de maio de 1952 Dois radares diferentes registram um objeto voando em condições adversas de tempo. O OVNI desenvolvida 3600 mph (5793 Km/h).
49 Base Aérea de George, região de Apple Valley, Califórnia, EUA 1° de maio de 1952  - 10:50hs Quatro militares observam 5 objetos em forma de disco, com o tamanho de aviões C-47, voando a aproximadamente 1000 mph ( 1609 Km/h ), realizando manobras erráticas em formação de 3 objetos na frente e 2 atrás. Radares locais captaram os objetos e caças foram enviados para interceptação.
50 África do Sul 23 de maio de 1952 Um OVNI é avistado e captado por radar em seis ocasiões diferentes na África do Sul. O aparelho deslocava-se a 2 mil Km/h, variando entre 500 e 1300 metros de altitude
  Los Angeles, Califórnia, EUA 1° de junho de 1952 Um OVNI é captado por radares em Los Angeles, Califórnia, EUA. De início, os operadores rastreavam o que pensaram ser um avião, devido à sua velocidade e trajetória. Repentinamente o sinal anômalo acelerou rapidamente elevando-se no céu e desaparecendo do alcance do radar
51 Marrakech, Marrocos 12 de junho de 1952  - 11:26 hs Um OVNI é captado através de um radar SCR-584. O objeto deslocava-se a 1207 km/h a 60 mil pés de altitude.
52 Goose Bay, Labrador, Canadá 19 de junho de 1952  - 2:37 hs Tenente A'Agostino e um operador de radar observam uma luz que alternava entre as cores vermelha e branca. O radar registrou um alvo estacionário, que aumentou de tamanho, voltando ao tamanho inicial posteriormente
53 Oak Ridge, Tennessee 21 de junho de 1952  - 22:58 hrs Um OVNI é avistado e captado por radares nas proximidades de Oak Ridge, Tennessee. Um caça F-47 foi despachado para interceptar o objeto.
54 Kirksville, Missouri 23 de junho de 1952  - 7:30 hs O operador de radar da USAF, tenente A. N. Robinson, e o aviador Ray H. Foote, e mais 5 controladores, oficiais e técnicos de manutenção, observam um plote desconhecido no radar. O sinal era semelhante ao de um B-29, mas em altíssima velocidade (~7 mil km/h), e em trajetória errática.
55 Fort Monmouth, Nova Jersei 1° de julho de 1952  - 9:30 hs

Um OVNI é avistado e captado por radar nas proximidades de Fort Montmouth, Nova Jersei. O aparelho foi observado sobre  a costa, durante aproximadamente 5 minutos, desaparecendo em alta velocidade em sentido nordeste.

56 Mar Amarelo 10 de julho de 1952 A tripulação do destroyer canadense Crusader, observa dois discos voadores luminosos que foram captados por radar.
57 Kirksville, Missouri 12 de julho de 1952  - 21:00 hs

Vários alvos desconhecidos surgem em telas de radares na região de Kirksville, Missouri. Os alvos deslocava-se a 1500 knots (2778 Km/h).      

58 Nordeste de Illinois 12 de julho de 1952  - 20:05 hs Várias pessoas observam um objeto voador luminoso, de coloração variável sobrevoando cidades no nordeste do estado de Illinois, no Estados Unidos. O objeto foi registrado por radar e sua velocidade calculada em 4800 Km/h.
59 Arlington, Illinois 12 de julho de 1952  - 21:04 hs Pilotos de dois esquadrões diferentes em treinamento conjunto, observam um objeto luminoso amarelado, que foi captado por radares das aeronaves. Um dos caças tentou perseguir o objeto sem sucesso. Em determinado momento, as comunicações entre as aeronaves foram interrompidas em em seu lugar ouviu-se o nome de um dos pilotos envolvidos na perseguição.
60 Williams Bay, Wisconsin 12 de julho de 1952 Três diferentes radares da 31° Divisão (Mastiff AN/FPS-3; Orgin FPS-10 e Cousin AN/6PS-6B) captam sinais desconhecidos em várias áreas de Williams Bay, Wisconsin.   
61 Osceola, Wisconsin 13 de julho de 1952  - 21:12 hs Onze objetos anômalos são captados por radares em Osceola, Wisconsin. Os objetos deslocavam-se em velocidades que variavam entre 12 mil e 20 mil Knots (12 mil Km/h à 37 mil Km/h)
62 Base Aérea de Andrews e Aeroporto de Washington DC 19/20 de julho de 1952  - 23:40 hs Sete OVNIs são avistados e captados por radar sobre a Casa Branca e o Capitólio. Os objetos foram captados por diversos radares diferentes. Em dado momento, um avião decolou e seguiu na direção dos objetos que afastaram-se à uma velocidade de 11 mil Km/h. Após o avião seguir seu curso os objetos retornaram e passaram a realizar manobras erráticas sobre a região. Caças foram enviados para interceptar os objetos que desapareceram e reapareceram depois da partida dos caças, permanecendo até o amanhecer.
63 Hendon, Virginia  20 de julho de 1952  - 3:00 hs

Um voo da Capital Airlines, em aproximação para o Washington National Airport, relata a presença de uma luz acompanhando sua aeronave. O controle de Tráfego Aéreo registra o objeto através do radar até 4 milhas de distância do aeroporto. O objeto desaparece em seguida.             &nbsnbsp;       

64 Base Aérea de Andrews, Maryland  20 de julho de 1952  - meio dia Ao meio dia, o radar da Força Aérea Americana registrou 10 OVNIs durante 15 a 20 minutos. os objetos realizavam manobras erráticas em alta velocidade sobre a região da Base Aérea de Andrews.
65 Base Aérea de Dobbins, Geórgia 21 de julho de 1952  - 10:40 hs

Um blip desconhecido é registrado nos radares da Base Aérea de Dobbins, na Georgia. Pouco depois um novo blip surge na tela. Os objetos ora deslocavam-se ora pairavam estáticos no ar.           

66 Atlanta, Geórgia 21 de julho de 1952

Um objeto voador não identificado é captado por radares em Atlanta, Geórgia.             

67 proximidades de Braintree, entre Boston e Provincetown, Massachussets 22 de julho de 1952  - 22:20 hs e 22:47 hs Um piloto da USAF e um operador de radar de um caça F-94B, observou um objeto arredondado, que emitia um brilho azulado. O caça e o OVNI perseguiram -se mutuamente por alguns minutos. O aparelho foi registrado pelo radar do caça. Outro caça F-94 perseguiu outros dois objetos e neste caso também houve captação por radar.
68 Base Aérea de MacDill, Flórida 23 de julho de 1952  - 22:45 hs Um OVNI é captado por radar e avistado pela tripulação de avião bombardeiro da USAF. O objeto deslocava-se em alta velocidade sobre a região da Base Aérea de McDill, na Flórida.
69 Trenton, Nova Jersei 23 de julho de 1952  - 22:50 hs Tripulantes de vários caças F-94, da USAF, originários da Base Aérea de Dover, realizam 13 contatos visuais com OVNIs, um deles confirmado por radar. Os objetos tinham cores que variavam entre branco, azul, laranja e vermelho. Observadores em terra também observaram os objetos que realizavam manobras fantásticas sobre a região.
70 Jamestown, Rhode Island 23 de julho de 1952  - 7:36 hs Vários Radares da Marinha do Estados Unidos captam um OVNI deslocando-se em alta velocidade ao norte de Jamestown, Rhode Island. Caças F-94 e F-86 são despachados para interceptar o alvo, sem sucesso.
71 Braintree, Massachussets 23 de julho de 1952

Um objeto voador luminoso, de cor azul-esverdeada é observado em Braintree, Massachussets. Radares também captaram o objeto.   

72 Base Aérea Elmendorf, Alasca 24 de julho de 1952  - 23:20 hs A tripulação de um caça F-94, voando a sudeste de Talkeetha, Alaska, registram por radar um grande objeto não identificado. O objeto desapareceu em alta velocidade.
73 Langley, Virginia 26 de julho de 1952  - 14:30 hs O capitão Daniel G. Moore e o 3° sargento Edward W. Reamer, assinalam um OVNI na tela do radar de aproximação do aeroporto de Langley. O objeto deslocava-se a 2600 milhas por hora, a uma altitude de 5 mil pés. Por volta das 14:50 hs, um alvo desconhecido foi registrado novamente nas telas do radar. O alvo parou, flutuou durante dois minutos e desapareceu em altíssima velocidade.
74 Williams, Califórnia 26 de julho de 1952  - 17:15 hs O Air Defence Command, capta um OVNI pelo radar. Um caça F94 é enviado para interceptar o estranho sinal. Durante a interceptação, os pilotos do caça avistaram o objeto, além de outras testemunhas em terra. Tinha aspecto luminoso, de cor amarelada.
75 Washington, D.C. 26 de julho de 1952  - noite Novamente 7 OVNIs surgem sobre a capital dos Estados Unidos, sendo captados por radares diversos e perseguidos inutilmente por caças da USAF.
76 Sait Paul, Minnessotta 27 de julho de 1952 Durante a noite, um objeto voador luminoso, deslocando-se em alta velocidade é avistado e captado por radar sobre a região de Sait Paul, Minnessotta.
77 Base Aérea de McGuire, Nova Jérsei 28 de julho de 1952  - 6:00 hs

O operador de radar W. F. Dees, e demais operadores na torre de controle, registram vários alvos desconhecidos no radar. Pouco depois avistam Um objeto oblongo, sem asas ou cauda, sobrevoar a região                                                          

78 Osceola, Wisonsin 28 de julho de 1952 Vários OVNIs são captados por radares na região de Osceola, Wisconsim
79 20 milhas a Oeste de Port Huron, Michigan 28 de julho de 1952  - 21:40 hs às 22:00 hs

Um OVNI é captado por radares a 20 milhas a oeste de Port Huron, Michigan. O alvo deslocava-se a 550 Knots. Caças F94 foram enviados para interceptar o objeto, sem sucesso.         

80 Osceola, Wisconsin 29 de julho de 1952  - 1:30 hs Operadores de radar e um piloto de caça F-51, em voo, registram 10 pequenos alvos desconhecidos no radar acompanhando um alvo maior.
81 Washington, D.C. 29 de julho de 1952 Radares captam entre 8 e 12 alvos desconhecidos deslocando-se sobre a capital, Washington. Um piloto da Eastern Airlines tentou aproximar-se destes alvos, mas no local não viu nada. No momento da aproximação do avião, os sinais anômalos desapareceram da tela do radar e voltaram quando o avião deixou a área.
82 Base Aérea de Langley, Virginia 29 de julho de 1952  - 14:30 hs às 14:50 hs Um OVNI é captado por radar na Base Aérea de Langley. Posteriormente, os dois operadores observam o objeto que deslocava-se a 2600 MpH.
83 Port Huron, Michigan 29 de julho de 1952  - 21:40 hs Uma estação de radar detectou um OVNI deslocando-se a 550 Knots, sobre a região de Port Huron, Michigan. Um caça F-94 que voava na região foi enviado para investigar. O radar do caça captou o aparelho que tinha coloração avermelhada. 
84 Base Aérea de Keesler, Mississippi 30 de julho de 1952  - 23:55 hs Dois militares captam a presença de um OVNI através do radar da Base Aérea de Keesler, Mississippi.
85 Proximidades de Yaak, Montana 1° de agosto de 1952 O radar do Air Defence Command capta a presença de um OVNI de formato cilíndrico, também avistado na região. Tinha coloração escura
86 Proximidades de Troy, Ohio 1° de agosto de 1952  - 10:51 às 11:13 hs Um radar militar registra a presença de um OVNI a 20 milhas a NNW da Base Aérea de Wright Patterson, em Dayton, Ohio. Dois caças F86 são despachados para interceptá-lo. Os pilotos avistam o OVNI. O objeto era branco prateado, e de formato esférico.
87 Base Aérea de Haneda, Japão 5 de agosto de 1952  - 23:30 hs Um OVNI é captado por radar a partir da Base Aérea de Haneda  
88 Área K-3, leste de Pohang, Coréia 9 de agosto de 1952  - 20:57 hs O piloto de uma aeronave da Marinha dos Estados Unidos avista um OVNI luminoso na área K-3, a leste de Pohang, na Coréia. O OVNI foi captado por radares militares.
89 Base Aérea de Congaree, Estados Unidos 20 de agosto de 1952 Operadores de radar da Base Aérea de Congaree registraram um OVNI aproximando-se da Base a 6500 Km/h. Ele cruzou a base e afastou-se a 7000 Km/h
90 Chicasaw & Base Aérea de Brookley, Móbile, Alabama 28 de agosto de 1952  -21:30 hs - 20:20 hs Três civis relatam aos oficiais de serviço da Base Aérea de Brookley, sobre a presença de vários objetos luminosos estacionários sobre Chicasaw, Alabama. Militares da base avistam objetos que são registrados pelo radar.
91 Yaak, Montana 1° de setembro de 1952  - 4:45 hs Dois militares da USAF avistam um OVNI sobre a região de Yaak, Montana. Outros três militares acompanharam as evoluções do objeto através dor radar. 
92 Chicago, Illinois 2 de setembro de 1952  - 3:00 hs Radares captam mais de 40 alvos desconhecidos, voando em direções diversas sobre a região de Chicago, Illinois. Dois objetos realizaram um voo de formação com uma aeronave comercial.
93 Portland, Maine 16 de setembro de 1952  - 18:22 hs A tripulação do avião de patrulha, P2V Neptune, da Marinha dos Estados Unidos, observou um grupo de luzes circulares, em formação. Na ocasião foi detectado pelo radar um alvo desconhecido.
94 Mont de Marsan, França    17 de outubro de 1952  17:30 hs Um grande OVNI é captado por radares de Mont de Marsan, na França. Os técnicos do radar também avistaram o objeto.
95 Proximidades de Gloucestershire, Inglaterra  21 de outubro de 1952 Um OVNI é captado por radar e caça Meteor é enviado para interceptar o estranho alvo. Quando o piloto aproximou-se teve contato visual com um objeto circular, aparentemente estacionário, mas que alterou sua posição conforme aa proximação do caça.
96 Hempstead, Long Island, Nova York 29 de outubro de 1952  - 2:00 hs Dois pilotos de jato F94 da USAF, observam um objeto luminoso de cor branca, manobrando à altissima velocidade. O OVNI foi registrado pelo radar de bordo.
97 Tierra Amarilla, Nova Jersei    8 de novembro de 1952  - 18:05 Um radar FPS-3, da USAF capta um OVNI que sobrevoou a região de Tierra Amarilla, Novo México, por aprox. 10 minutos.
98 Ophiem, Montana 13 de novembro de 1952  - 2:43 hs Um OVNI é captado por radares de Ophiem, Montana, durante 1 hora e 28 minutos. O objeto estava a 158 mil pés de altitude e deslocava-se a 250 MpH.
99 Canal do Panamá 25 de novembro de 1952  - 18:06 às 11:47 hs Dois OVNIs são captados por radares  sobre o Canal do Panamá, onde permaneceram por aprox. 5 horas e meia. Três bombardeiros da Força Aérea Americana e aviões de patrulha da Marinha Americana foram enviados para identificar os estranhos alvos, sem sucesso.
100 Washington, D.C. 30 de novembro de 1952  - 12:30 hs Vários OVNIs são captados por radar sobre a cidade de Washington, D.C.
101 Base Aérea de Congaree, Carolina do Sul  4 de dezembro de 1952  - 8:42 hs Um OVNI é captado pelo radar AN/MPS-5, da USAF, em Congaree, Carolina do Sul. O OVNI sobrevoava uma região a 100 milhas a nordeste da Base Aérea e deslocava-se a 6000 MpH, em direção à sudeste. Em dado momento ele parou, por aproximadamente 1 minuto e retornou pela mesma trajetória, em sentido inverso.   
102 Golfo do México    6 de dezembro de 1952  - 5:24 - 5:35 hs Tripulação de um avião B-29, da USAF, a 20 mil pés de altitude, registra pelo radar 4 alvos desconhecidos, que deslocavam-se em alta velocidade. Em dado momento, os aparelhos atingiram aprox. 9000 Mph, desaparecendo da tela do radar (14.484 Km/h).
103 Base Aérea de Pope, Carolina do Sul 10 de dezembro de 1952  - 9:20 às 17:15 hs Um OVNI é captado por radares da base aérea de Pope, na Carolina do Sul. O objeto deslocava-se em movimentos  circulares. Um caça F-51 é enviado para interceptar o alvo, mas nada observa.
104 Odessa-Hanford, Washington  10 de dezembro de 1952  - 19:15 às 19:30 hs A tripulação de um caça F-94, observa um objeto luminoso quando voava a 27 mil pés. Os pilotos aproximam-se para investigar. Ao chegarem ao local deparam-se com um grande objeto arredondado, de cor branca, com luzes vermelhas, que coloca-se em rota de colisão com o caça. Os pilotos manobram para evitar a colisão com o objeto. O radar de bordo capta a presença do OVNI.
105 Goose Bay, Labrador, Canadá 15 de dezembro de 1952  - 19:15 hs Tripulantes de duas aeronaves da USAF captam um estranho sinal pelo radar. Os pilotos das duas aeronaves tem contato visual com o objeto pouco depois. 
106 Oak Ridge, Tennessee    18 de dezembro de 1952 Um OVNI é captado por radares em Oak Ridge, Tennessee
107 Base Aérea de Chitose, Japão 29 de dezembro de 1952  - 19:30 hs Tripulantes de um avião B-26, da USAF e de um caça F-84, observam um objeto que emitia 3 feixes de luz nas proximidades de Misawa, Japão. O OVNI foi captado por radares.
108 35 milhas a oeste de Amarillo, Texas   29 de dezembro de 1952  - 21:05 hs Dois pilotos da USAF, a bordo de um B-26 em voo de treinamento, observam um grande objeto intensamente iluminado, de formato arredondado, e tendo cor branca azulada. o objeto foi observado durante alguns minutos. Após isso, o aparelho subiu verticalmente, a uma velocidade estimada de 2 mil Mph. O objeto foi captado por radares de Tucumcari, Novo México
109 Base Aérea de Goose Bay, Labrador, Canadá Final de 1952 - 23:00 hs Um alvo não identificado surge nas telas de radar em Goose Bay, Labrador, Canadá. O objeto aproximava-se lentamente da base e sua identidade ainda é um mistério. 
110 Salisbury, Inglaterra começo de 1953 Um OVNI persegue e é perseguido por um jato Camberra, da Real Força Aérea, da Inglaterra. O objeto foi inicialmente captado pelo radar da aeronave.
111 Yaak, Montana, EUA Verão de 1953 (Hemisfério Norte) Seis OVNIs que voavam em formação são avistados e captados por radares na região de Yaak, Montana.
112 Ducanvlle, Texas, EUA 6 de janeiro de 1953 Um OVNI é avistado por  numerosas testemunha e captado por radares ao norte de Dallas, nas proximidades de Ducanville, no Texas. O objeto deslocava-se a 1100 Km/h.
113 Misawa, Japão 9 de janeiro de 1953 Durante um voo de rotina, o radar de bordo de um caça F-94 detecta um alvo desconhecido, por aproximadamente 2 minutos. Enquanto o alvo apareceu na tela, houve uma estranha interferência nos sistemas de bordo. Um objeto luminoso de forma indefinida foi observado pela tripulação do caça.
114 Base Aérea de Offutt, Omaha, Nebraska, EUA 20 de janeiro de 1953 Três objetos são detectatos por radares da Base Aérea de Offutt, em Omaha. Após investigação da Força Aérea, o caso ainda permaneceu em mistério.
115 Base Aérea de Bergstrom, Texas, EUA 23 de janeiro de 1953 Um OVNI é captado por radares a partir da Base Aérea de Bergstrom. O objeto foi captado durante aproximadamente 19 minutos e sua velocidade variava de estático até alta velocidade (mais rápido que um caça).
116 Continental Divide, Novo México, EUA 26 de janeiro de 1953 Militares da USAF, presentes na região de Continental Divide, no Novo México, observam um objeto voador intensamente luminoso, de formato esférico, voando lentamente sobre a região, a 10 milhas de sua posição. Eles entraram em contato com um posto de radar que confirmou a presença de um alvo desconhecido nos radares.
117 Albany, Geórgia, EUA 28 de janeiro de 1953 Um piloto de caça F-86, da USAF, observou um objeto voador circular, que passou por baixo de se avião e foi confirmado pelo radar do aeroporto de Albany.
118 Base Aérea de Turner, Dobbins 28 de janeiro de 1953 Um major da USAF avista um objeto voador luminoso quando voava a bordo de um avião T-33 da USAF. O operador da torre de controle de Turner observa o mesmo objeto, minutos depois. Alguns minutos mais tarde, 4 alvos desconhecidos surgem nas telas de radar da base, sendo 3 em voo e um estacionário.
119 Base Aérea de Presque Isle, Maine, EUA 29 de janeiro de 1953 Vários pilotos de caça observam um objeto voador ovalado, de cor acinzentada. O objeto foi registrado por radares do Air Defense Direction Center.
120 Finland, Minnesotta, EUA fevereiro de 1953 Um objeto voador não identificado é captado por radares de Finland, em Minnesota. Seu tamanho aparente era o equivalente ao de uma aeronave convencional
121 Aeroporto de Keflavik, Islândia 3 de fevereiro de 1953 Vários alvos desconhecidos são captados por radares do aeroporto de Keflavik, na Islândia. O primeiro deles surgiu às 17:25 hs. O segundo às 17:27 hs, sendo visível por dois minutos no radar. O terceiro plot foi observado às 17:36 e o quarto às 17:49 hs. Uma investigação revelou que nenhuma aeronave civil ou militar voou na área, no momento em que os sinais foram registrados, sendo que o caso permanece inexplicado.
122 Okinawa, Japão 7 de fevereiro de 1953 A tripulação de um caça F-94 e outras testemunhas em terra observam um brilhante objeto voador com cor variando de alaranjada para vermelho e verde, sobrevoando a região de Okinawa. O objeto foi captado por radar e desapareceu após entrar em uma nuvem.
123 Base Aérea de Misawa, Japão 10 de fevereiro de 1953 Vários alvos desconhecidos são captados por radares da Base Aérea de Misawa, no Japão. Os objetos eram muito sólidos e definidos e voavam a 50 Knots. Um caça F-94 foi enviado para interceptar os objetos. Durante a missão, nenhum objeto foi observado ou captado por radar, mas houve forte interferência no radar do caça.
124 Base Aérea de Carwell, Forth Worth, Texas, EUA 13 de fevereiro de 1953 Pilotos e passageiros de um avião B-36 observam 3 objetos voadores luminosos, voando em formação em alta velocidade, de maneira errática. Houve captação por radar.
125 Port Austin, Michigan, EUA 17 de fevereiro de 1953 Cinco militares da USAF observam um objeto voador luminoso, que mudava de cor, deslocando-se lentamente. Houve captação por radar.
126 Charleston, West Virginia, EUA 25 de fevereiro de 1953 Um grande objeto voador é captado por radares na região de Charleston, West Virginia. O objeto manobrava, subindo e descedo e permaneceu nas telas de radar por aproximadamente 15 minutos
127 Base de Thule, Groelândia 26 de fevereiro de 1953 Um objeto voador não identificado é captado por radares dea Base Aérea de Thule, Groelândia. Deslocava-se a uma velocidade de 180 Knots, numa altitude variando entre 5 mil e 6 mil pés, sendo captado por aproximadament 3 minutos.
128 Great Falls, Montana, EUA 27 de fevereiro de 1953 Um OVNI é captado por radares da Base Aérea de Great Falls, em Montana, por aproximadamente 11 minutos.
129 Base Aérea de Congaree, South Carolina, EUA 5 de março de 1953 Um objeto voador em formato de lua crescente, de aspecto prateado, é observado nas proximidades da Base Aérea de Congaree, em South Carolina. Radares da base captaram o objeto. Aviões foram enviados para interceptar o objeto, sem sucesso.
130 Norte de Hiroshima, Japão 14 de março de 1953 Vários militares da Marinha Americana observam um grupo de 5 a 10 luzes coloridas, que voaram acompanharam sua aeronave, pelo lado esquerdo e por trás, durante aprox. 7 milhas. Houve captação de radar.
131 Pork Chop Hill,Coréia 20 de março de 1953 Vários objetos voadores luminosos são avistados e captados por radar, na região de Pork Chop Hills, na Coréia. Os objetos deslocavam-se em velocidade supersônica.
132 Pasadena, Texas, EUA 23 de março de 1953 Um objeto voador luminoso é observado sobre Pasadena, Texas. Radares captaram um objeto desconhecido sobre a região, que fazia grandes movimentos circulares sobre a região.
133 Aeroporto Torbat, Newfoundland, EUA 12 de abril de 1953 Um objeto voador luminoso é avistado e captado por radares do aeroporto de Torbat, em Newfoundland, Canadá
134 Calumet, Michigan, EUA 19 de abril de 1953 Vários OVNIs foram captados por radar nas proximidades de Calumet, Michigan. Tais objetos deslocavam-se em velocidades que variavam entre 1800 mph e 8400 mph.
135 Goose Bay, Labrador, Canadá 12 de maio de 1953 Um objeto voador não identificado é captado por radares de um caça, nas proximidades da Base Aérea de Goose Bay, Labrador, Canadá. Os tripulantes tentam interceptar o objeto, mas sequer conseguem contato visual.
136 Oceano Pacífico 12 de maio de 1953 Vários alvos desconhecidos surgem nas telas de radares, tanto de solo, quanto de aeronaves. Aeronaves são enviadas para interceptar os objetos, sem sucesso.
137 Base Aérea de Lackland, Flórida, EUA 23 de maio de 1953 Cinco ou mais OVNIs surgem nas telas de radares, na região de San Antonio, Texas. Os  objetos orbitavam a região de Monclova, México.
138 Capetown, África do Sul 23 de maio de 1953 Um OVNI é observado e captado por radar em Capetown, África do Sul. O objeto deslocava-se a mil mph.
139 Base Aérea de Ottis, Cape Cod, Nova Jérsei, EUA junho de 1953 Um OVNI é captado por radares da Base Aérea de Otis, em Cap Cod, New Jersei. Um caça é enviado para interceptar o estranho objeto. O caça e seus tripulantes nunca mais foram encontrados.
140 Goose Bay, Labrador, Canadá 10 de junho de 1953 Vinte e cinco alvos desconhecidos surgem nas telas de radares de Goose Bay, Labrador. Os objetos deslocavam-se em velocidades que variavam entre 35 e 115 mph.
141 Iwo Jima, Oceano Pacífico, Oceano Pacífico 18 de junho de 1953 Um OVNI é captado por radares de uma aeronave que seguia para a Ilha de Iwo Jima, no Oceano Pacífico. Ao retornar, o objeto é novamente captado e desta vez, o mesmo segue o avião por algum tempo.
142 Iwo Jima, Oceano Pacífico 24 de junho de 1953 Um OVNI é captado por radares de um avião B-29 da USAF. O objeto acompanha a aeronave por aprox. 6 milhas.
143 Proximidades de Rapid City, South Dakota, EUA 5 de agosto de 1953 Um objeto voador arredondado é observado e captado por radares nas proximidades de Rapid City. Três caças F-84 foram enviados para interceptar o objeto, sem sucesso. Um dos caças apresentou problemas durante a perseguição.
144 Black Hills, Dakota do Sul, EUA 12 de agosto de 1953 Um objeto é observado e captado por radares, nas proximidades de Black Hills, Dakota do Sul. Dois caça F-86, Sabrejet são enviados para interceptação, sem sucesso.
145 Palmdale, Califórnia, EUA 28 de setembro de 1953 Um OVNI é captado no radar de bordo de um caça F-94. O objeto deslocava-se a 2 mil knots a 4 milhas de distância, tendo o tamanho aproximado de um avião C-47. O piloto de outro caça F-94, avista um objeto voador arredondado, e cor alaranjada, que deslocava-se a 2 mil knots.
146 Reino Unido 9 de outubro de 1953 Três OVNIs são captados por radares no Reino Unido. Os objetos realizavam manobras erráticas em altitudes variáveis.
147 Northolt, Reino Unido 9 de outubro de 1953 Tripulantes e passageiros de um avião da British Airways, que seguia para Paris, testemunham a presença de um disco voador, nas proximidades do avião. Objeto foi captado por radares de Northolt.
148 Base Aérea de Offutt, Omaha, Nebraska, EUA 13 de outubro de 1953 Um OVNI é captado por radares da Base Aérea de Offutt, em Omaha, Nebraska. O objeto foi captado a NE, deslocando-se a 250 graus por aproximadamente 10 minutos. Depois gradualmente mudou sua direção e desapareceu do radar a 70 graus. Sua altitude fe voo variou de 225 mil pés para 37 mil pés, tendo sido observado por 36 minutos.
149 Base Aérea de Dobbins, Georgia, EUA 13 de outubro de 1953 Um objeto voador de formato arredondado, é observado nas proximidades da Base Aérea de Dobbins, na Geórgia. O objeto emitia flahs de luz e permaneceu estacionário por 2:30 hs, tendo sido também captado por radar. Um caça foi enviado para interceptar o objeto, sem sucesso.
150 Presque Isle, Maine, EUA 16 de outubro de 1953 Aproximadamente 25 OVNIs surgem em telas de radares sobre a região de Presque Isle, Maine. Os objetos apareceram em grupos de 3 a 8 objetos, a intervalos irregulares, em velocidades que variavam entre 80 e 100 mph. Um caça foi enviado para interceptar os objetos, sem sucesso.
151 Londres, Inglaterra 3 de novembro de 1953 Um objeto voador esférico é avistado e captado por radares do 256º Regimento de Artilharia Pedasa Anti-Aérea da RAF. Do solo o objeto foi observado a partir de telescópio. Dois caças da RAF são enviados para interceptar o objeto. O objeto é confirmado pelo radar de bordo. Quando o objeto cruza por cima das aeronaves, a bússola de bordo oscila e o avião passa por um solavanco
152 África do Sul 20 de novembro de 1953 Vários oficiais da Força Aérea observam um disco voador, que foi também captado por radares.
153 Base Aérea de Kinross, Michigan, EUA 23 de novembro de 1953 Um OVNI é captado por radares da Força Aérea Americana, sobre o Superior Lake. Um caça F-89, é enviado para interceptar o estranho objeto. Na Base Aérea, os controladores acompanham a aproximação do caça em relação ao OVNI. Observam quando os dois sinais se fundem na tela do radar, no mesmo momento em que perdem a comunicação com o caça. O avião e seus tripulantes nunca mais foram encontrados.
154 Cidade do Cabo, África do Sul 27 de novembro de 1953 Um objeto voador não identificado é observado quando sobrevoava a cidade do Cabo, na África do Sul. O objeto foi confirmado pelo radar, quando desloava-se a 1250 milhas por hora.
155 North Truro, Massachusetts, EUA 3 de dezembro de 1953 Um piloto de caça da USAF é enviado para interceptar um OVNI sobre a região de North Truro, Massachussetts, que era captado por radar e foi observado por tripulantes de um avião B-25 da USAF. O objeto deslocava-se a 700 mph.
156 Base Aérea de Holloman, Novo México, EUA 3 de dezembro de 1953 Quatro objetos são captados por radares da Base Aérea de Holloman, Novo México. Eles deslocavam-se em formação, e embora mudassem sua trajetória mantinham a formação. Os sinais apresentavam-se maior do que um caça convencionale permaneceram visíveis por 30 min.
157 Mar mediterrâneo

 

16 de dezembro de 1953 Radares militares americanos captam entre 1 e 12 objetos não identificados no Mar Mediterrâneo. Todos os objetos voavam em formação em V, M ou W, sendo captados por vários minutos.
158 Austrália 31 de agosto de 1954 O tenente da Força Aérea Australiana  O'Farrell, realizava um vôo noturno quando repentina surgiram três objetos luminosos que acompanharam seu vôo. Estes objetos, que foram confirmados por radar, desenvolviam velocidades superiores ao do avião de O' Farrel.
159 Nowra, Austrália setembro de 1954 Um OVNI é observado e captado por um radar em Nowra, Austrália.
160 Lakenheath, Inglaterra 13 de agosto de 1956 - 22:30 hs

Radares ingleses detectam dois objetos desconhecidos que se moviam a mais de 15.000 quilômetros por hora. As vistorias indicavam que o radar funcionava normalmente. Pilotos de duas aeronaves diferentes avistaram os objetos. O caso durou aproximadamente 5 horas, encerrando-se por volta das 3:30 hs

161 Nebraska, Estados Unidos 13 de fevereiro de 1957 Por volta das 2:30 hs da madrugada, um OVNI foi observado e captado por radar nas proximidades da base aérea de Lincoln, no Estado de Nebraska. O objeto foi captado durante 25 minutos. O caso foi investigado pelo projeto Blue Book da Força Aérea Americana e permaneceu inexplicado
162 Shrevepot, Luisiana 13 de junho de 1957 Caso de captação de sinal anômalo investigado pelo projeto Blue Book da Força Aérea Americana e que permaneceu inexplicado
163 Sudoeste dos Estados Unidos 17 de julho de 1957 Durante uma hora e meia um OVNI é avistado e captado por radar no sudoeste dos Estados Unidos. O caso começou por volta das 16:10 hs e foi investigado pelo projeto Blue Book da Força Aérea Americana e permaneceu inexplicado
164 Albuquerque, Novo México, Estados Unidos 4 de novembro de 1957 Um OVNI foi avistado por cinco minutos sobre a região por militares da base. Durante os 20 minutos restantes o objeto foi captado por radares da base. O caso ocorreu por volta das 22:45 hs
165 Amaralina, Bahia 24 de abril de 1959

Um disco voador com cúpula é observado e registrado pelo radar de bordo do Navio de Guerra Baurú, em Amaralina (BA).

166 Estado do Rio de Janeiro 20 de janeiro de 1961

Um estranho objeto, em formato de disco, foi avistado e captado por radar sobre o Estado do Rio de Janeiro. Um caça da Força Aérea Brasileira, pilotado pelo tenente Ortiz, é enviado para interceptá-lo. O episódio foi noticiado pelo jornal Folha de São Paulo, de 22 de janeiro.

167 São Luis, Maranhão 29 de setembro de 1961

Um OVNI é captado pela FAB, em São Luis, Maranhão. O fato foi divulgado pelo O Jornal, do Rio de Janeiro, em 30 de setembro).

168 Redcliff, Austrália 5 de maio de 1962 Um objeto branco com deslocamento em zig-zag, foi observado em Redcliffe, Queensland, Austrália, por Kevin Bell. Em Richmond, New South Wales, o radar do aeroporto avistou e detectou um estranho objeto. A investigação da RAAF descartou a possibilidade de tratar-se de um avião militar ou comercial e o caso permaneceu inconclusivo.
169 Regina, Saskatchewan, Canadá 12 de maio de 1964 Durante 10 minutos, um OVNI foi avistado e captado por radar, por volta das 4:30 da manhã. O caso foi investigado pelo projeto Blue Book da Força Aérea Americana e permaneceu inexplicado
170 Mar das Filipinas 6 de maio de 1965 Um OVNI é captado por radar sobre o Mar das Filipinas, por volta da 1:10 da madrugada. O caso foi investigado pelo projeto Blue Book da Força Aérea Americana e permaneceu inexplicado
171 Congonhas, São Paulo, São Paulo 21 de julho de 1965 Um radar militar, instalado no Aeroporto de Congonhas, capta a movimentação de um OVNI sobre a região, por volta da meia noite. Além de ser captado por radar, foi também avistado por pessoas presentes na área. Um avião Viscount foi enviado para sobrevoar a região onde o OVNI estava sendo captado. 
172 Congonhas, São Paulo, São Paulo 22 de julho de 1965 Um radar militar, instalado no Aeroporto de Congonhas, novamente capta a movimentação de um OVNI sobre a região, por volta da meia noite.
173 Charleston, W. Va. 4 de maio de 1966 Durante 5 minutos, um OVNI foi avistado e captado por radar, por volta das 4:30 da manhã. O caso foi investigado pelo projeto Blue Book da Força Aérea Americana e permaneceu inexplicado
174 Winslow, Arizona 13 de janeiro de 1967 Caso de captação de sinal anômalo investigado pelo projeto Blue Book da Força Aérea Americana e que permaneceu inexplicado. Além de ser captado pelo radar o objeto foi observado por 3 pessoas. O caso ocorreu por volta das 22 horas e durou 25 minutos.
175 Caso Canoas - Canoas, Rio Grande do Sul 18 de março de 1967 OVNIs são avistados e captados por radar no Rio Grande do Sul. Aviões desviam da rota para melhor observar os objetos.
176 SS Point Sur -

Golfo do México

16 de maio de 1967 No Golfo do México, tripulantes do SS Point Sur observaram um OVNI que também foi captado por radar. O episódio durou aproximadamente 50 minutos, começando por volta das 22:10 hs. O caso foi investigado pelo projeto Blue Book da Força Aérea Americana e permaneceu inexplicado
177 Darwin, Northern Territory, Austrália 18 de outubro de 1968 Um objeto voador não identificado é captado por radar sobre a região de Darwin, Northern Territory, Austrália. Não houve avistamento neste caso.
178 Darwin, Northern Territory, Austrália 13 de novembro de 1968

Um objeto voador não identificado é captado por radar sobre a região de Darwin, Northern Territory, Austrália. Não houve avistamento neste caso.

179 Cumbica, Guarulhos, São Paulo 19 de novembro de 1968

Um OVNI é avistado e captado por radar do Aeroporto de Cumbica, em São Paulo. O objeto começou a ser observado, através de binóculos, por volta das 21 horas por Antônio R. C. Esteves, que descreveu o objeto como uma esfera vermelha. O Delegado de polícia local também avistou o objeto e alertou a Base Aérea, que pouco depois captou o objeto por radar.

180 Western Australia, Austrália 23 de maio de 1969 Por volta das 18:35 hs, é observada, durante 20 minutos, uma luz deslocando-se a Sudeste de Pert, em Western Australia, Austrália. O objeto também foi captado por radar.
181 Sepik River, Austrália 29 de junho de 1970 Cinco objetos não identificados são captados por radar em Sepik River, Austrália. Não houve confirmação visual.
182 Milla-Milla, Cairns, Australia 5 de junho de 1971 Um objeto cônico é avistado e captado por radares da Real Força Aérea Australiana (RAFF), nas proximidades de Cairns, Austrália. Aviões da RAAF são enviados para interceptar o objeto mas não avistaram nada sobre a região.
183 Caso VASP - Vôo 169 - Parte da Região Nordeste e parte da região Sudeste 08 de fevereiro de 1982 Boeing 727 da VASP, vôo 169 é acompanhado durante várias horas, por um objeto luminoso que foi captado por radares do CINDACTA
184 FAB Persegue OVNIs em Anápolis - Anápolis, Goiás 28 de abril de 1982 OVNIs são captados por radares do CINDACTA e aviões de caça são enviados para interceptação
185 Gorkij, Rússia 27 de março de 1983 A estação de radar do aeroporto local registrou um OVNI pelo radar. O objeto sobrevoava a região, a 70 Km a sudeste de Gorkij e aproximava-se do aeroporto. Com a aproximação, operadores da torre puderam observar o estranho objeto que tinha um tamanho aproximado de um avião Iljushi-18. Tal aparelho não possuía asas, tendo o formato de um charuto metálico acinzentado.
186 Noite Oficial dos OVNIs no Brasil - Região Sudeste 19 de maio de 1986 OVNIs com mais de cem metros de diâmetro são captados por radares em solo e por radares de aeronaves. Além disso houve contato visual com estes objetos. Caças são enviados para interceptação. Mais de 50 radares envolvidos nas detecções.
187 Vôo JAL 1628 - Alasca, Estados Unidos novembro de 1986 Boeing 747 cargueiro da Japan Air Lines é acompanhado por um gigantesco OVNI. O objeto é captado por radar de bordo e por radares em terra.
188 Caso TAM 573 - Americana, São Paulo 30 de maio de 1989 CINDACTA capta um OVNI posicionado nas proximidades de Americana e contata pilotos da região para confirmação visual do objeto.
189 Caso Bélgica 1990 --
190 Caso Silvio Petirrosi -

Montevidéu, Paraguai

08 de junho de 1991 OVNI é captado por radar e avistado por pilotos e controladores do Aeroporto Internacional Silvio Petirrossi, de Montevidéu, Paraguai
191 Vôo AIR FRANCE 3532 28 de janeiro de 1994 --
192 Caso Haroldo Westendorff - Pelotas, Rio Grande do Sul 05 de dezembro de 1996 Piloto avista OVNI gigantesco sobre a Lagoa dos Patos, no Rio Grande do Sul, entra em contato com o CINDACTA que confirma ter captado o objeto
193 OVNIs seguem aviões em Joinville (SC) - Joinville, Santa Catarina março e abril de 1996 OVNIs são captados por radar em diversas ocasiões no período


Comentários

Sem comentários.

Adicionar Comentário

* Informação requerida
(não será publicado)
 
Bold Italic Underline Strike Superscript Subscript Code PHP Quote Line Bullet Numeric Link Email Image Video
 
Smile Sad Huh Laugh Mad Tongue Crying Grin Wink Scared Cool Sleep Blush Unsure Shocked
 
3000
 
Notifique-me de novos comentários via email.
 

Referências:

- Livros

 


- Boletins

 


- Artigos de Revistas

 


- Documentos Oficiais

 


- Vídeos e Documentários

 


- Outros