Falsos Registros Ufológicos na História

Coletânea de Imagens de produções artísticas e outras Eras erroneamente atribuídas à uma origem ufológica.


Equipe CIPEX

Sumário:

 

 

Em Ufologia, honestidade é tudo. Ao copiar material deste site cite a fonte, assim como fazemos em nosso site. Obrigado!

 

Introdução


Na imagem acima observamos uma tapeçaria, de 1066, onde está registrado um objeto voador com cauda de fogo. Nos meios ufológicos internacionais consta que esta imagem seria o registro de um OVNI. Porém, no ano de 1066, o cometa Halley passou muito próximo da Terra. Na antiguidade, os cometas sempre exerceram enorme fascínio e esta peça nada mais é do que uma representação da passagem deste cometa.

Esta representação é bem famosa nos meios ufológicos. Ela provaria a relação entre os antigos egípcios e o grupo de ET`s conhecidos como Greys. Uma simples análise na figura acima já é suficiente para descartar esta possibilidade. Todos os desenhos feitos pelos egípcios representavam homens e animais de perfil, como se pode notar no desenho acima, à esquerda. Na imagem o homem está de perfil.

Na imagem anterior, o retângulo branco mostra o local de onde foi tirada a imagem do possível ET. Ele não apresenta-se de perfil como as outras figuras da imagem. Na imagem acima podemos observar o que realmente é esse tal Alienígena. Ele não passa de um vaso de oferendas desfocado propositalmente para parecer com um Grey. Infelizmente, na Ufologia existem muitos casos de imagens propositalmente fora de foco, distorcidas ou forjadas visando reforçar uma idéia, teoria ou caso ufológico. À Direita, imagem fotografada com foto regulado onde podemos confirmar tratar-se de um vaso de oferendas.

A fotografia acima foi obtida em uma câmara mortuária do Templo de Abydos, no Egito. É uma figura autêntica, ou seja não é nenhuma montagem. A polêmica com relação à esta figura é o fato de que a maioria das representações inseridas nela assemelham-se à artefatos tecnológicos do nosso tempo. Notam-se figuras semelhantes à helicópteros apache, submarinos e aviões que, obviamente, não existiam no tempo dos faraós. Muitos ufólogos utilizam esta imagem como prova de que os egípcios tiveram assistência de tripulantes de OVNIs na antiguidade. Esta imagem não é um autêntico registro ufológico devido à sua origem. Em função do reduzido espaço disponível os autores escreviam por cima de outros hieróglifos já existentes. A sobreposição destas escritas produziu o efeito observado na imagem. Uma análise detalhada deste caso pode ser encontrado em O Mistério de Abydos.

Esta outra imagem mostra Jesus e Maria. Segundo alguns autores seriam objetos lenticulares. São na verdade nuvens lenticulares normais. O autor da pintura é Masolino da Panicale.

No Fitzwillian Museun, em Cambridge, Inglaterra, encontra-se este quadro representando o batismo de Jesus Cristo. Vendo-se esta imagem pensamos realmente que um disco voador está iluminando o batismo de Jesus Cristo. Na verdade é apenas uma representação religiosa normal. Dentro do cristianismo o Espírito Santo é representado por uma pomba branca. Na imagem original percebe-se que no centro do disco temos uma pomba branca e o circulo é o halo luminoso que representa divindade.

Este quadro foi pintado por volta de 1490. Seriam discos voadores atrás da Virgem? não, apenas nuvens espalhadas pelo céu. Nada mais.

Paolo Ucello é constantemente citada quando o assunto é registro de OVNI`s em pinturas antigas. Porém, esta obra, do ponto de vista ufológico, é altamente questionável. No quadro podemos observar diversas representações religiosas. Quase no centro da imagem existe a representação de Cristo crucifixado. Próximo à ele existe um homem ajoelhado. Um pouco abaixo deles existe uma mancha. Na figura abaixo pode-se ver uma ampliação desta área. Se levarmos em conta o contexto geral do quadro não existe lógica aparente em se representar um OVNI discoidal naquele local do quadro. Está mais para uma pedra, ou algo assim.

Ampliação do alegado UFO no quadro de Paollo Ucello.

A figura acima também foi obtida em uma das minas de ouro de Kush, do Egito Antigo. Note que existe a representação de um foguete em posição de lançamento. Ao lado do foguete, dois seres que fazem parte do contexto da imagem. Se esta imagem fosse autêntica a representação seria em alto relevo e o possíveis tripulantes estariam representados de perfil, seguindo o padrão de todas as representações egípcias.

Comentários (3)

Você está revendo: Falsos Registros Ufológicos na História
Sort
5/5 (3)
FacebookGoogle+Twitter
Gravatar
Full StarFull StarFull StarFull StarEmpty Star
Paulo (RIO, Brazil) diz...
Também acho que se o pintor da tela representou as pessoas e objetos com tanta clareza e perfeição nos traços, não conseguiria representar uma nuvem?? pra mim isso é muito estranho e difícil de explicar.
5 August 2016 15.44
Gravatar
Full StarFull StarFull StarFull StarFull Star
Antonio Martini Junior (Botucatu) diz...
Algumas contestações são válidas sim , mas não vejo nehuma nuvem no quadro de 1490 , se o autor sabe representar as pessoas sem nehuma distorção ,mas não sabe desenhar nuvens ?
27 July 2016 13.24
Gravatar
Full StarFull StarFull StarFull StarFull Star
Igor diz...
"representados de perfil, seguindo o padrão de todas as representações egípcias."
Aqui está uma exceção à regra:
http://www.colegiosaofrancisco.com.br/alfa/civilizacao-egipcia/imagens/egito10.jpg
20 July 2016 17.17
Página 1 de 1

Adicionar Comentário

* Informação requerida
(não será publicado)
 
Bold Italic Underline Strike Superscript Subscript Code PHP Quote Line Bullet Numeric Link Email Image Video
 
Smile Sad Huh Laugh Mad Tongue Crying Grin Wink Scared Cool Sleep Blush Unsure Shocked
 
3000
 
Notifique-me de novos comentários via email.
 

Referências:

- Livros
  •  

 


- Boletins
  •  

 


- Artigos de Revistas
  •  

 


- Documentos Oficiais

 


- Vídeos e Documentários

 


- Sites e Blogs
  •   

 


- Outros