UFOs e a Corrida Espacial - [Gemini 7]

Fotos e documentos oficiais comprovam que nunca estivemos sós na exploração espacial.
Você está aqui:
Página Inicial >> Artigos Especiais >> UFOs e a Corrida Espacial - [Gemini 7]

Mistérios da Corrida Espacial
Missão Gemini VI


Mistérios da Corrida Espacial
Missão Gemini VII


Mistérios da Corrida Espacial
Missão Gemini IX


Por Jackson Luiz Camargo

Sumário:

 

 

Em Ufologia, honestidade é tudo. Ao copiar material deste site cite a fonte, assim como fazemos em nosso site. Obrigado!

 

Missão Gemini VII

A Gemini VII, foi lançada em 4 de dezembro de 1965, tendo a bordo os astronautas James Lovell e Frank Borman. Sua missão era estudar efeitos das viagens espaciais de longa duração no corpo humano, aproveitando que este seria o voo mais longo realizado até então, com duração programada para quatorze dias.

Há anos, circula no meio ufológico trechos de supostos diálogos atribuídos a esta missão, referentes a um avistamento ufológico ocorrido no espaço:

Gemini 7: Bogey às 10 horas.
Houston: Aqui, Houston… Fale novamente, Sete.
Gemini 7: Garotos, temos um Bogey na direção 10 horas, mas um pouco mais em cima.
Houston: Pode tratar-se de alguns dos estágios do foguete impulsor Titan-2.
Gemini 7: Esse é um objeto identificado… Não é o foguete impulsor! Sabemos onde está o foguete! Que fazemos?

Analisando as transcrições das comunicações desta missão, contidas nas páginas 33 e 34 do documento Gemini VII Composite Air-to-Ground and Onboard Voice Tape Transcription, Vol. 1 encontramos estes diálogos, embora ligeiramente diferentes e de forma um pouco mais completa.

De acordo com este documento, o avistamento ocorreu 1 hora e 43 minutos após o lançamento, quando a Gemini VII passava sobre o Caribe. O Comandante Walter Schirra entrou em contato com o Centro de Controle relatando o avistamento. A transcrição permite identificar o astronauta envolvido, bem como acrescenta detalhes sobre a aparência e movimentação do objeto.

Walter Schirra: Aqui Gemini VII. Houston, como você nos recebe?
Centro de Controle: Alto e Claro, Sete. Prossiga
Walter Schirra : Eu tenho um Bogey às 10:O0 horas, acima…
Centro de Controle: Aqui é Houston. Fale novamente.
Walter Schirra: Falei que nós temos um Bogey às 10 horas, acima.
Centro de Controle: Entendido.
Centro de Controle: Gemini VII é o booster ou isso é um avistamento atual?
Walter Schirra: [Truncado]
Centro de Controle: Repita, Sete.
Walter Schirra: Falei… Nós temos vários… parecem como… avistamento atual.
Centro de Controle: Você tem alguma informação adicional, estimativa de distância ou tamanho?
Walter Schirra: Nós também vemos o booster.
Centro de Controle: Entendido. Você também tem o booster em vista. Câmbio.
Walter Schirra: Existem vários… Parecem como centenas de pequenas partículas passando à esquerda, há umas 3 ou 4 milhas.
Centro de Controle: Entendi que você tem muitas pequenas partículas indo à esquerda. À que distância?
Walter Schirra: … Parecem como…
Centro de Controle: Entendi. Câmbio. Eles estão a 3 ou 4 milhas de distância?
Walter Schirra: Eles passaram agora. Estão entrando em uma órbita polar.
Centro de Controle: Entendido. Entendi. Eles estão a 3 ou 4 milhas de distância?
Walter Schirra: É o que parece… Ou talvez mais...
Centro de Controle: Entendido.
Centro de Controle: Gemini VII, Houston. Essas partículas estavam juntas do booster e do bogey às 10 horas, acima?
Walter Schirra: [Truncado]
Centro de Controle: Entendido.
Walter Schirra: Houston. Aqui é Sete.
Centro de Controle: Prossiga.
Walter Schirra: Eu tenho o booster ao meu lado e o corpo brilhante do Sol contra o fundo negro, com bilhões de partículas ao redor.
Centro de Controle: Entendido. Qual a direção em relação à você?
Walter Schirra: Está em 2 horas da minha posição.
Centro de Controle: Isso significa que está à sua frente?
Walter Schirra: Ele está à 2 hora de nós e está balançando lentamente.
Centro de Controle: Entendido.

Ao analisar o acervo fotográfico da Gemini VII, composto de 467 fotografias disponíveis no site ToTheMoon, encontramos quatorze imagens onde observam-se objetos luminosos no espaço. Nenhuma destas imagens foi obtida durante o avistamento citado a pouco, portanto referem-se à novos eventos ocorridos durante a missão. Duas delas são particularmente interessantes. A primeira, identificada como S65-63780_G07-H, foi obtida em 12 de dezembro, quando a cápsula estava sobre a região dos Andes Bolivianos. Nela observa-se um objeto, com aspecto claramente sólido e tridimensional, não muito longe do módulo espacial. A segunda fotografia, identificada como S65-65251_G07-H, mostra um objeto voador em forma de disco, de cor branca, próximo à Gemini. Inclusive, pode-se ver alguns detalhes externos neste objeto.

A intensidade de avistamentos e registros ufológicos ocorridos no espaço é muito significativa. Possivelmente, uma missão no espaço oferece à quem dela participa a grande oportunidade de vivenciar o fenômeno ufológico. A nós, meros mortais, essa experiência seria impactante e inesquecível. Para os astronautas essas experiências são igualmente impressionantes, mas devido ao seu treinamento e à natureza de seu trabalho elas não podem se sobrepor às necessidades da missão. Assim, avistamentos ufológicos, por mais significativos que sejam, devem ficar em segundo plano e isso se percebe tanto a partir dos diálogos transcritos como também pela postura dos astronautas quando questionados a respeito.


Um objeto luminoso registrado pelos astronautas da Gemini 7.

Um objeto luminoso registrado pelos astronautas da Gemini 7.

Várias luzes multicoloridas no espaço, próximos à Gemini 7.

Dois objetos luminosos, no espaço, não muito distante das Gemini 7.

Objeto em forma prato, no espaço, próximo à Gemini 7.

Objeto luminoso, próximo à Gemini 7. A trajetória do objeto ficou registrada na fotografia. Percebe-se nitidamente um movimento em zig-zag.

Objeto luminoso, próximo à Gemini 7. A trajetória do objeto ficou registrada na fotografia. Percebe-se nitidamente um movimento em zig-zag.

Um objeto luminoso registrado pelos astronautas da Gemini 7.

Objeto em formato de disco, com detalhes externos, não muito longe da Gemini 7.

Objeto em formato de disco, não muito longe da Gemini 7.

Um objeto luminoso registrado pelos astronautas da Gemini 7.

Três objetos luminosos, fotografados na órbita da Terra, pelos astronautas da Gemini 7.

Trecho do documento Gemini VII Composite Air-to-Ground and Onboard Voice Tape Transcription, Vol. 1, contendo comunicações travadas durante avistamento ufológico.

Astronautas da Gemini 7. James Lovell (esquerda) e Frank Borman (direita).

Estes casos aqui expostos estão detalhadamente expostos no livro Entre o Céu e a Terra. Uma História de Aventura, Mistérios e UFOs, de autoria de Jackson Luiz Camargo. Além de mostrar estes casos, as comunicações e documentos relacionados, fornecendo todos os links e fontes para o que é apresentado, o autor apresenta fatos, curiosidades e bastidores da Corrida Espacial, travada entre Estados Unidos e União soviética.

Comentários

Sem comentários.

Adicionar Comentário

* Informação requerida
(não será publicado)
 
Bold Italic Underline Strike Superscript Subscript Code PHP Quote Line Bullet Numeric Link Email Image Video
 
Smile Sad Huh Laugh Mad Tongue Crying Grin Wink Scared Cool Sleep Blush Unsure Shocked
 
3000
 
Notifique-me de novos comentários via email.