Coleta e Análise de Amostras

Durante uma pesquisa de campo, o ufólogo pode deparar-se com materiais e substâncias de origem desconhecida, as quais devem ser analisadas. Saiba como coletá-las e preparar para análise.
Você está aqui:
Página Inicial >> Mundo Ufológico >> Coleta e Análise de Amostras


Por Equipe CIPEX

Sumário:

 

 

Em Ufologia, honestidade é tudo. Ao copiar material deste site cite a fonte, assim como fazemos em nosso site. Obrigado!

 

Introdução

Após realizar a investigação do vestígio físico, comentado no item anterior, deve-se coletar amostras de solo para análise. Elas devem ser coletadas dentro e fora do vestígio físico. A amostragem deve ser inserida em um pote de coleta, de preferência esterilizado (não se esqueça de identificar corretamente com uma etiqueta colocando data, local e seu nome e/ou nome, ou número do caso). Deve-se coletar o mesmo número de amostras para que o exame das amostragens de dentro do vestígio também sejam realizados nas amostragens de fora do vestígio para a devida comparação científica.

Teste Comparativo

Comparando-se amostras de dentro e de fora da marca (ninho) deixada pelo OVNI pode-se encontrar diversos dados interessantes. Geralmente um solo afetado por OVNI apresenta-se mais seco, duro, com características diferentes das amostras de fora das marcas. Algumas vezes, amostras separadas por apenas um metro, no local da coleta, podem apresentar-se distintas.

Análise de pH

Um dos testes mais importantes é a análise de pH. Deve-se coletar uma amostra de dentro e outra de fora da marca deixada e colocá-los em um recipiente de vidro. Em seguida, adicione um pouco de água destilada. Colocar uma tira de papel de tornassol (que pode ser adquirida em boas casas do ramo, laboratórios ou mesmo nas Universidades), deixando-as por 10 minutos. Se o papel tornassol adquirir uma coloração vermelha a amostra terá caráter ácido (pH entre 1 e 6). Se o papel tornassol adquirir uma coloração azul será de caráter básico (pH variando entre 8 e 14). Se for detectado pH básico provavelmente será natural, visto que cinzas originadas de queimadas propositais ou não apresentam pH básico. Essa é uma boa forma de eliminar-se os casos falseados.

Análise de Emissões Eletromagnéticas

A análise de emissões magnéticas também é um forte fator que descarta a possibilidade de fraude na maioria dos casos. Com uma simples bússola (que nunca deve faltar em seus apetrechos), podemos detectar alterações magnéticas nas amostras. Detectores de radiação e Contadores Geiger também podem detectar variações na taxa de radiação.

Teste de Fertilidade

Outro teste que é possível realizar com as amostras de terra coletadas são os testes de fertilidade. Em pequenos vasos separados com cada amostra planta-se sementes em cada uma delas. Deve-se plantar a mesma espécie de vegetal para poder fazer uma comparação mensurável. No caso de germinar plantas em amostras de dentro e de fora da marca deve-se observar e comparar os seguintes dados:

  • tempo necessário para germinação

  • características das plantas

  • altura

  • taxa de crescimento

Comentários

Sem comentários.

Adicionar Comentário

* Informação requerida
(não será publicado)
 
Bold Italic Underline Strike Superscript Subscript Code PHP Quote Line Bullet Numeric Link Email Image Video
 
Smile Sad Huh Laugh Mad Tongue Crying Grin Wink Scared Cool Sleep Blush Unsure Shocked
 
3000
 
Notifique-me de novos comentários via email.
 



Referências:

- Livros
  •  

 


- Boletins

 


- Artigos de Revistas
  •  

 


- Documentos Oficiais

 


- Vídeos e Documentários

 


- Outros