Comprovações Fisiológicas [Químicas]

Quando casos ufológicos são confirmados por comprovações fisiológicas de origem química.
Você está aqui:
Página Inicial >> Evidências e Comprovações >> Comprovações Fisiológicas [Químicas]


Por Jackson Luiz Camargo - ufojack@yahoo.com

Sumário:

 

 

Em Ufologia, honestidade é tudo. Ao copiar material deste site cite a fonte, assim como fazemos em nosso site. Obrigado!

 

Introdução

Compreende todos os efeitos fisiológicos, que tenham origem química. Dividem-se em nos seguintes subgrupos:

  • Intoxicação química, eletromagnética ou radioativa
  • Esterilização do solo

Intoxicação química, eletromagnética ou radioativa

Este tipo de reação observa-se em casos em que ocorre aproximação do OVNI, pouso ou contato com tripulantes. A testemunha sofre distúrbios fisiológicos gerados pela experiência ufológica.

Caso Data Descrição  
1  Avistamento em Boa Vista dos Ramos - Amazonas novembro de 1955 Um ser alienígena é observado em Boa Vista dos Ramos (AM). Era alto, e tinha o rosto coberto. O ser emitiu um raio em direção à testemunha que teve febre, náuseas, tremores e calafrios.  
2 O Caso Itabirito - Itabirito (MG) 30 de agosto de 1962 Após o contato a testemunha sentiu uma forte dor de cabeça durante aproximadamente um mês. Remédios foram ineficazes.
3 Encontro em - Carazinho (RS) Carazinho 26 de julho de 1965 Forte dor de cabeça que começou logo após o contato e só terminou 5 dias depois. Remédios foram ineficazes.
4 Rapto em Sarandi - Sarandi (RS) junho de 1967 Febre e disenteria forte e acamado por 5 dias. Emagreceu muito e sentiu fraqueza e dores de cabeça durante aproximadamente 1 mês.
5 Caso Turibio Pereira - Lins (SP) 2 de outubro de 1968 Ansiedade, nervosismo e insônia por três dias. Nos 18 dias seguintes ao contato perdeu 18 quilos. Formigamento persistente na parte posterior do lado esquerdo.
6 Caso Tiago Machado - Pirassununga (SP) 6 de fevereiro de 1969 Logo após o contato: Tonturas, suor excessivo, sede excessiva, fraqueza. Na perna havia uma ferida esbranquiçada. Tanto a testemunha quando três pessoas próximas ao local do contato tiveram falta de apetite e insônia por três dias.
7 Caso da Vila Operaria - Nova Lima (MG) 20 de maio de 1969 Após abdução a testemunha apresentava dores no ombro, olhos vermelhos, pálpebras inchadas, dificuldades para enxergar. Estes sintomas permaneceram ainda por um mês. Dores de cabeça persistentes por até um ano após o contato e dificuldade de concentração.
8 Caso Benedito Miranda - Itaperuna (RJ) 25 de setembro de 1971 Abduzido apresentou, logo após o contato, roupas sujas de terra, olhos congestionados, ardentes, corpo dolorido, braço esquerdo muito dolorido, mão formigando e manchas arroxeadas na região do cotovelo esquerdo.
9 Caso Sítio Quebra Perna - Baldim (MG) julho de 1972 OVNI surgiu sobre uma fazenda, pousando à beira de uma trilha. Após o caso a testemunha tocou uma pedra existente no local e ficou com a mão amortecida. No local havia um cheio estranho.
10 Caso da Usina de Marimbondo - São José do Rio Preto 6 de dezembro de 1972 Testemunha sentiu tonturas, náuseas e hipersensibilidade visual confirmado através de exame médico realizado pelo doutor Tadeu F. Bandeira.
11 Caso São José do Rio Preto - Bairro Santa Cruz, São José do Rio Preto 27 de maio de 1973 Um impressionante caso ufológico de avistamento de disco voador tripulado, e com vários efeitos fisiológicos sobre a testemunha.
12 Caso Sidrolândia - Sidrolândia (MS) 19 de dezembro de 1973 Olhos irritados na testemunha e descarregamento da bateria do carro que estava no local.
13 Caso Valencia - Alborache, Valencia 30 de julho de 1975 Avistamento de OVNI e Efeitos Fisiológicos posteriores (animais contaminados por radiação ocasionando morte).
14 Caso Barroso - Quixadá (CE) 3 de abril de 1976 Rejuvenescimento mental e de tecidos epiteliais no protagonista.
15 Caso Alfredo Marques Soares - Cardeiros (CE) julho de 1977 Após o contato sua perna esquerda apresentava-se preta e azulada com aspecto de queimada. Em exame médico constatou-se bolhas e infecção no local. Por dois dias urinou em demasia, sentiu dores de cabeça, dor no estômago, diarréias e dores nas costas. Todo o lado esquerdo do corpo doía e necessitou usar muleta por aproximadamente 3 meses.  
16 Caso Januncio de Sousa - Santa Cruz (RN) janeiro de 1979 Escoriações, queimaduras no braço e problemas de saúde por dois dias. Além disso sentiu dores de cabeça. Depois de passar pela experiência sua saúde deteriorou-se e ele adoece com muita facilidade.
17 Caso do Embornal - Baependi (MG) 16 de maio de 1979 Marcas de pouso, máquina fotográfica inutilizada, embornal estampado com caracteres estranhos, fotografias, tonturas e enjôo na testemunha.
18 Caso Chico Gama - Pecém (CE) Fevereiro de 1981 Após o contato ele ficou tonto e doente por vários dias. No dia seguinte ao contato a pele dos braços apresentava-se avermelhada descascando dois dias depois. A testemunha transpirou excessivamente por aproximadamente um mês. Desenvolveu quadro de síndrome do pânico e tornou-se uma pessoa nervosa.  
19 Caso Kathie Davis - Indianápolis, Indiana 30 de junho de 1983 Testemunha e amigas andaram sobre marca de pouso e logo sentiram efeitos de intoxicação. Visão turva, formigamento, rosto inchado, tonturas e náuseas.
20 Caso Colombo, Colombo, Paraná 18 de maio de 1997 Duas testemunhas da passagem da sonda aproximaram-se da marca deixada pelo objeto que ainda estava fumegante e quente e tocaram na marca durante algum tempo. Poucos minutos depois começaram a sentir-se mal, com fortes dores de cabeça, náuseas, vômitos, inchaço na região dos olhos e nas mãos, além de formigamento geral.

Esterilização Temporária do Solo

Este tipo de evidenciação surge a partir de aproximação e/ou pouso de OVNIs em áreas de vegetação. Em casos deste tipo é comum ocorrer esterilização temporária do solo resultando em morte da vegetação local.

Imagem Caso Descrição  
1 Caso Lonnie Zamora

[24/04/1964]

Socorro, Novo México, EUA

No local do pouso do OVNI foram encontradas pedras carbonizadas e marcas de trem de pouso
2 Caso Valensole

[01/07/1965]

Valensole, França

Após pouso de OVNI o solo ficou esterilizado. Além do circulo principal foram constatadas marcas do trem de pouso do objeto.
3 Pouso em Grange Reserve

[06/04/1966]

Westall, Melbourne, Austrália

 OVNI pousa sendo testemunhado por grade numero de testemunhas produzindo uma marca circular onde o solo ficou esterilizado
4 Caso Stephen Michalak

[20/5/1967]

Falcon Lake, Manituba, Canadá

O local de pouso do disco voador que feriu Stephen Michalak teve o  solo esterelizado.
5 Caso Lins

[27/08/1968]

Lins (SP), Brasil

 Pouso de OVNI em proximidades de um hospital público. No local onde o objeto pousou surgiu um circulo estéril.
6 Caso Van Horne

[ 12/7/1969]

Van Horne, Iowa, Estados Unidos

Disco voador pousa esterelizando o solo local.  
7 Caso Lake Anten

[28/08/1970]

Lake Anten, Suécia

Marca surge em um jardim após o aparecimento de um disco voador. Dentro das marcas, o solo  ficou esterelizado.
8 Pouso em Delphos, Kansas

[02/11/1971]

Delphos, Kansas, EUA

 OVNI pousa esterilizando o solo e deixando uma estranha luminescência que durou certo tempo.
9 Caso Port Coquitlam

[16/8/1974]

 Port Coquitlam, Colúmbia Britânica, Canadá

 Três garotos testemunham um pouso de disco voador que deixou o solo esterelizado.
10 Pouso em Forbes

[ 21/12/1974]

Forbes, Austrália

Disco voador pousa esterelizando o solo local.  
11 Caso Rendlesham

[dez/1980]

Floresta Rendlesham, Inglaterra

Disco voador pousa esterelizando o solo local.  
12 Caso Gustav Salick

[1982]

Antonina, Paraná

 Pouso de OVNI em chácara na Serra do Mar Paranaense, com vestígios físicos e eletromagnéticos
13 Caso Kathie Davis

[30/06/1983]

Indianápolis, Indiana, EUA

OVNI pousou no quintal da abduzida produzindo uma marca no gramado. Exames indicaram que o solo no interior da marca estava estéril e seria necessário submeter amostras de terra durante 6 horas a 400º C para reproduzir a condição das amostras afetadas.
14 Pouso em Denver

[29/8/2001]

Denver, Colorado, Estados Unidos

Disco voador pousa esterelizando o solo local.  

Marcas derivadas de escoriações e ferimentos durante observação ufológica

Este tipo de comprovação está associado à variados tipos de casos. Em geral ocorrem quando a testemunha assusta-se com sua experiência ufológica e em pânico tenha fugir do local apressadamente. Essa tentativa de escapar do ambiente pode resultar em tropeções, arranhões, quedas, fraturas e escoriações diversas.

Caso Data Descrição  
1 Caso Otoco

Otoco, Bolíva

10 de março de 1968 animais mortos e ferimentos na testemunha.
2 Luta Livre em Bauru

Bauru (SP)

23  de julho de 1968 Marcas de luta corporal.
3 Tripulantes Atacam em Pirassununga

Pirassununga (SP)

12 de fevereiro de 1969 Tripulantes de um OVNI atacam um lavrador. Após o contato a testemunha apresentava ferimentos, sentia-se cansado e nervoso. O cão que o acompanhava morreu pouco tempo depois.
4 Caso Hermelindo da Silva

Vargem Grande (MG)

9 de setembro de 1976 Escoriações, hematomas, pé esquerdo inchado.
5 Caso Januncio de Sousa

Santa Cruz (RN)

janeiro de 1979 Escoriações, queimaduras no braço e problemas de saúde por dois dias. Além disso sentiu dores de cabeça. Depois de passar pela experiência sua saúde deteriorou-se e ele adoece com muita facilidade.
6 Caso Beato

Santa Cruz (RN)

entre agosto e novembro de 1979 Escoriações no peito e queimaduras nas costas.
7 Caso Borrinho

Campo Redondo (RN)

3 de agosto de 1992 Testemunha fugindo de um disco voador enrosca-se em uma cerca de arame farpado e posteriormente cai num formigueiro.  

 


Comentários

Sem comentários.

Adicionar Comentário

* Informação requerida
(não será publicado)
 
Bold Italic Underline Strike Superscript Subscript Code PHP Quote Line Bullet Numeric Link Email Image Video
 
Smile Sad Huh Laugh Mad Tongue Crying Grin Wink Scared Cool Sleep Blush Unsure Shocked
 
3000
 
Notifique-me de novos comentários via email.
 

Referências:

- Livros
  •  

 


- Boletins

 


- Artigos de Revistas

 


- Documentos Oficiais

 


- Vídeos e Documentários

 


- Outros